3 de julho de 2012

Ninguém esta imune da arte de cuidar do coração.





Olá, Tânia Carmelinda, querida na minha humilde opinião qualquer forma de amor e valida desde que tenha o ingrediente certo do respeito tudo e possível.
Eu vou posta um vídeo que acho muito interessante sobre o poliamor e provavelmente vai tirar um pouco dessa sua dúvida. A outra pergunta que você me fez é se pratico o poliamor? A resposta é NÃO.  Mais isso não que dizer que estarei imune a essa situação. Até porque é uma nova forma de relacionamento e sentimento que pode acontecer com qualquer tipo de pessoa.

E Como a própria palavra afirma que é a existência de vários amores ao mesmo tempo, ou seja, a compreensão de que existem amores necessários e amores contingentes.
E não é o melhor tipo de relacionamento que exclui qualquer tipo de moralidade. A moral querida, assim como o trabalho, são duas fontes de infelicidade, para o ser humano O poliamor segue uma filosofia da contingência que nada tem a ver com a moral e o imoral.

 Nós todos somos uns bichinhos que busca uma nova maneira na natureza para sentir prazer. A virtude e o vício são criações sociais, destinadas a permitir a vida civilizada.  E tudo, tudinho mesmo é uma Filosofia de vida. E viver o ser autêntico.

Como viver o instante que exigem ao mesmo tempo uma consciência da contingência, que são as infinitas possibilidades de existir. Sendo o sujeito, se personificando a entrega por inteiro ao outro. Não só no momento do relacionamento sexual, mas se responsabilizando por ele emocionalmente.

Viver o mundo orgíaco Tânia é assumir a contingência com total responsabilidade por si e pelo outro, seja no momento sexual, seja no campo dos sentimentos. E essa situação pode sim ocorre quando há um equilíbrio entre os parceiros, ou seja, está ligado de uma forma equitativa, respeitando o grau de autonomia de cada um.

Mas é preciso lembrar querida que essa  formas de relacionamento podem variar com o tempo,  e  que vai  exige um alto grau de maturidade nó demais  se entregar ao outro por inteiro, de corpo e alma, sem reservas morais.

Às vezes temos que seguir um velho conselho: É preciso abraçar a volúpia, fartar-se de prazeres, sabotar as trilhas do destino para alcança o nosso real objetivo e não ter medo de ser feliz. Porque tudo na vida só depende exclusivamente de cada um de nós.

Cuide-se querida!! Obrigada pelo carinho.

Mais agora tenho que sair para pegar um monstro de asas enorme que provavelmente está me esperando para explorar seu voo de doze horas até a ultima gota d’água..

Um cheiro!!!!






2 de julho de 2012

Algumas fotos do desfile de dois de julho 2012

Olá meu amorés!!

As vezes eu adoro ser um barco sem vela, que acorda e navega sem rumo.

Ai  você se lembra da Independência da Bahia.

Do Caboclo e da Cabocla

Se depara com as macha das vadias

Chamando atenção para a realidade e a importância das mulheres se respeitar e valorizar o seu  próprio corpo.

você ver o desfile  passa, para  e vai atrás.

 E diga de passagem,  O dois de julho  é uma  festa  das mais importantes da Bahia,

Tem caráter cívico e popular.

 Sai do Largo da Lapinha, na parte da manhã,

E percorrendo o Centro Histórico de salvador (  Pelourinho).

Uma boa recordação da Bahia de todos os Santos.

E segue trajeto, até o Largo do Campo Grande.

Nas ruas o povo aguarda a passagens das  Fanfarras.

A programação ainda inclui a chegada do Fogo Simbólico, a Alvorada

Ás crianças, aproveitar a festa brincando junto com seus familiares


O povo atrás do cortejo.

Ah! Tinha que ter algo errado, não? mais  eu tinha  que receber  os meus convidados na minha casa ...  E olha que foi atendimento cordial, so litrão....

Aventura  foi se vestir de palhaço.
O diferencial é aquilo que só nós sabemos fazer ou fazemos de um modo a todos ...

Adelaide Amaral
Castro Alves

ARTISTA, tua voz é a melodia
De Sorrento nas veigas perfumosas;
É teu riso o esfolhar de brancas rosas,
Voar do cisne errante da poesia!


Quando gemes, o arcanjo da harmonia
Colhe em teus lábios flores odorosas,,
E do teu pranto as gotas preciosas
São estrelas de luz n'alva do dia.


A Camélia esfolhada sobre o dorso
Do mar da vida, em ondas de sarcasmo,
A Hebréia, condenada sem remorso...


Tudo sublimas, tudo... eu digo em pasmo:
"Gênio, gênio... inda mais... supremo esforço
Das mãos de Deus no ardor do entusiasmo


Hino da Bahia.
Nasce o sol a 2 de julho
Brilha mais que no primeiro
É sinal que neste dia
Até o sol é brasileiro.

Nunca mais o despotismo
Regerá nossas ações
Com tiranos não combinam
Brasileiros corações.

Salve, oh! Rei da Campinas
De Cabrito e Pirajá
Nossa pátria hoje livre
Dos tiranos não será.

Nunca mais o despotismo
Regerá nossas ações
Com tiranos não combinam
Brasileiros corações.

Cresce, oh! Filho de minha alma
Para a pátria defender
O Brasil já tem jurado
Independência ou morrer

Salve, salve a
a Independência da Bahia

02/07/2012..
wall oliveira..

1 de julho de 2012

Eating Roadkill Rabbit



Coisa bizarra...

Cantar faz bem a alma e ao coração” ou “Quem canta seus males espanta”

 


Queria mais de você
Fiquei esperando um motivoE uma ligação que nunca veioNão, eu nunca previ que fosse acontecerAlgo em você deve ter mudado
Todas as palavras não ditas, promessas quebradasEu chorei por tanto tempoPerdi tempo demais, devia ter visto os sinaisAgora sei o que deu errado
Acho que queria mais de vocêE olhando para trás agora, tenho a certezaQueria mais de vocêAcho que queria mais de você
Todas as noites que passamos só conversandoSobre as coisas que queríamos da vidaFazendo planos e sonhando juntosQueria ter visto, eu estava cego demais
Meu coração estava aberto, exposto e esperavaQue você o colocasse na linhaNo final pareceuQue não havia espaço para mimMesmo assim, tentei fazer você mudar de ideia
Acho que queria mais de vocêE olhando para trás agora, tenho a certezaQueria mais de vocêAcho que queria mais de você
Oh, não preciso de vocêNão preciso mais de você
Acho que queria mais de vocêE olhando para trás agora, tenho a certezaQueria mais de vocêAcho que queria mais de você
Não preciso de vocêNão preciso mais de você