27 de setembro de 2012

Nem um coelho na motoca vai me fazer sair do meu cantinho


Há historias que nunca desaparecerá da memória, uma marca eterna, no meio de tantas músicas e de outros tantos pensamento que cruzaram na distancia. Minha bagagem continua no caminho e as pegadas sempre estarão comigo.
Eu sempre procurei fazer as coisas que não está escrito do irreal aquela coisas bem fora do padrão. (Continuo fazendo muitas besteiras, putz). E mesmo assim acabo colecionando momentos valiosos em uma rotina de tirar o fôlego. Pois a uma camada grossa esmagando meus sentimentos.  O balacobaco, é fera, é bicho, é anjo, é irmã, menina, mulher.  Sou eu e não de quem quiser.
Nunca quis dizer milhões de palavras, nem quero ser a tradução, nem a conclusão de nenhum livro. Ficaria feliz em ser apenas um capitulo pela qual se orgulhasse.  
A noite está chuvosa e fria e pelo visto a chuva não vai da uma trégua o acampamento estar espalhado por lama pegajosa.  A enxurrada esta desmanchando toda estrutura em volta do acampamento os montes de areia ao redor não existir mais. Fiquei entalada com minha bota de branca esta preta por 15mim na lama, em uma ventania que parecia querer me levar.
 Uma coisa eu sei que nem um coelho na motoca vai me fazer sair do meu cantinho nesse exato momento.  
Os trabalhadores que precisa fazer seus serviços do lado de fora estão sentados no chão, debaixo da cobertura provisória. Todos estão enrolados em seus cobertores parecendo uns pintinhos. Eu estou tão assustada com o barulho do vento. E para minha sorte ainda não começou a relampaguear minha mente. Juro, juro, juro, que minha mente só esta pensando no raio dos relâmpagos atravessando essas estruturas transparente e olhar que foi uma das primeiras coisas que me deixou bastante incomodada quando chequei aqui.
 A Minha caravana pirata nem se incomoda com nada até porque há essa hora estão todos dormindo feito uns bebês.   E como eu sou uma visão panorâmica única desorientada da minha máquina!   Mais uma vez colocarei minha velha bota de lama e sairei visitando aos velhos amigos queridos que sigo aqui nesse mundo virtual.
 Li as regras e entendi tudinho!  E o meu diagnóstico é que: Você está merecendo fica de cabeça pra baixo na Tokyo Sky Tree, até nascer dente em um galo doido. Tá mais perdido que cebola em salada de fruta. Mais eu ti gosto mesmo assim.....
Um cheiro......
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo ao meu cantinho.Regras para comentários
1. Comentários postados sem nome não serão mostrados.

2. Comentários com perfis sem acesso ao público também não serão mostrados.

3. Comentários ofensivos não serão mostrados. Ninguém é obrigado a permitir falta de educação.

4. Se você sofre de analfabetismo funcional, então nem leia os textos, pois com certeza não vai entender o que está escrito e seus comentários não serão de acordo com o assunto.

5. Resumindo: se quiser debater e discordar de mim, esteja à vontade. Mas peço gentilmente que seja um debate civilizado. E se você não tem coragem de mostrar quem é, melhor ficar no anonimato e procurar outro blog.

6. A sua liberdade termina onde começa a minha, certo? Se não, qualquer um faria o que desse na cabeça. Assim como cada um deve respeitar o dono da casa ou a soberania de um país, aqui você deve agir da mesma forma.! Ok
OBS: Se seu comentário não foi publicado é porque você não conseguiu adoça o meu cantinho. Não alimente a derrota continue tentando.