29 de março de 2012

Não quero mais ouvir esse seu disco.

Qual é a verdadeira história que procura?..
Talvez você se tornou pra mim a história que eu não quero mais contar, o disco que não quero mais ouvir. E a montanha dourada que estou esquecendo.
Não quero acreditar nessa sua  filosofia que os vilões fazem o que acham certo sem precisar agradar quem que quer seja  só porque as mocinhas são retardadas.
Isso tudo pra mim não passa de  um punhado de areia ressequida ao som d água a procura da belaza de uma vida que desejar ter  mais não tem.
O  mundo  querido é redondo, e  tens um nariz e um coração.  Que procura aquecer o jardim com suas flores, através da sensibilidade  e essas coisas  são invisíveis aos olhos humano.
Sabe  as flores da poesia  já acorda com as cores do arco-íris
Em seu enorme sorriso  no rosto, pois pra quê dia melhor.
Do que aquele em que amanhecemos sorrindo?... Essa é a história..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo ao meu cantinho.Regras para comentários
1. Comentários postados sem nome não serão mostrados.

2. Comentários com perfis sem acesso ao público também não serão mostrados.

3. Comentários ofensivos não serão mostrados. Ninguém é obrigado a permitir falta de educação.

4. Se você sofre de analfabetismo funcional, então nem leia os textos, pois com certeza não vai entender o que está escrito e seus comentários não serão de acordo com o assunto.

5. Resumindo: se quiser debater e discordar de mim, esteja à vontade. Mas peço gentilmente que seja um debate civilizado. E se você não tem coragem de mostrar quem é, melhor ficar no anonimato e procurar outro blog.

6. A sua liberdade termina onde começa a minha, certo? Se não, qualquer um faria o que desse na cabeça. Assim como cada um deve respeitar o dono da casa ou a soberania de um país, aqui você deve agir da mesma forma.! Ok
OBS: Se seu comentário não foi publicado é porque você não conseguiu adoça o meu cantinho. Não alimente a derrota continue tentando.