5 de setembro de 2011

Ícone Freddie Mercury faria hoje 65 anos.


Este é Freddie Mercury, o show que marcou o rock com falsetes e looks poderosos. E eu só tinha apenas dois aninhos. Ele faria 65 anos hoje (5/9) e além do link evidente entre moda e música, uma lista de curiosidades define a personalidade marcada pela excentricidade e pelo talento. A soma dos arquétipos rockers junta o exagero glam dos anos 70, a fantasia pop dos anos 80, além da imagem de líder – de banda Queen e de multidões


•Seu guarda-roupa teve dois momentos distintos. A versão andrógina com direto a cabelão, maquiagem, bodies coloridos e decotes. E a imagem macho men que surgiu na década de 1980 descrita pelo icônico bigode, peitoral peludo à mostra e inúmeras peças de couro compondo o visual.

• Sua biografia começa na Tanzânia, onde nasceu sob o nome de Farrokh Bommi Bulsara. Seus pais eram indianos, país onde estudou até os 18 anos. Em 1964, mudou-se para Londres e entrou para a escola de design do Ealing Art College, onde conheceu os parceiros da banda que seria formada em seguida. Além da história com o Queen, Freddie escreveu seu nome no olimpo da música com a carreira solo e falaceu de AIDS em 1991.

•A banda Queen era uma das atrações do Rock In Rio de 1985, talvez a principal. Freddie chegou à Cidade do Rock e encontrou os famosos da MPB e do rock nacional esperando para recebê-lo, e perguntou: “Quem são eles?”. Ele pediu que todos fossem para seus camarins, trancou-se e quando saiu disse: “Acabou de passar um furacão por aqui” deixando o camarim destruído.

 •Kurt Cobain o cita em sua carta de suicidio:



‘’Quando as luzes se apagam antes do show e se ouvem os gritos do público, não me afetava tanto quanto afetavam Freddie Mercury, a quem parecia encantar que as pessoas o adorassem. Admiro e o invejo muito.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo ao meu cantinho.Regras para comentários
1. Comentários postados sem nome não serão mostrados.

2. Comentários com perfis sem acesso ao público também não serão mostrados.

3. Comentários ofensivos não serão mostrados. Ninguém é obrigado a permitir falta de educação.

4. Se você sofre de analfabetismo funcional, então nem leia os textos, pois com certeza não vai entender o que está escrito e seus comentários não serão de acordo com o assunto.

5. Resumindo: se quiser debater e discordar de mim, esteja à vontade. Mas peço gentilmente que seja um debate civilizado. E se você não tem coragem de mostrar quem é, melhor ficar no anonimato e procurar outro blog.

6. A sua liberdade termina onde começa a minha, certo? Se não, qualquer um faria o que desse na cabeça. Assim como cada um deve respeitar o dono da casa ou a soberania de um país, aqui você deve agir da mesma forma.! Ok
OBS: Se seu comentário não foi publicado é porque você não conseguiu adoça o meu cantinho. Não alimente a derrota continue tentando.