3 de janeiro de 2011

Será que ‘’fantasma’’ tem coração?

Qual seria a sua história de fantasma romântica, pois a minha historia e muito suave e nada assustadora, fala de um fantasma apaixonado que brinca jovialmente com a idéia de almas que se encontram através dos tempos e o poder libertador da imaginação.

Mesmo com sua beleza tristonha morando em um chalé assombrado no topo de um penhasco deparando-se sempre  com um espectro capital naval que se recusa abandonar a propriedade e tenta apavorar impetuosa moradora que não o teme, pelo contrario o desafia o tempo todo.

E  sendo um fantasma rabugento é muito charmoso, e encantador ele inicia uma forte amizade com a jovem tornando-se um verdadeiro guia e mentor sempre encoraja a conhecer novos caminhos e  horizontes.

A relação dos dois e muito carinhosa, porém por motivos óbvios e jamais consumados, sustentando o charme sutil com toque picante em cada aproximação dele.
A representação rabugenta dele e levemente antipática evita que resvale a extravagância e tenta manter o sentimento sob controle.

Mas ele saber que a beleza dela mexer muito com ele e mesmo apaixonado tentar se beneficia com a situação e procura sua trilhas sonora para se aproxima cada vez mais de sua amada.

Será que essa bela historia bem estruturada e sutil com um ar doce ainda vai ter um final feliz?

♥♥♥Um amor além da vida?!♥♥♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo ao meu cantinho.Regras para comentários
1. Comentários postados sem nome não serão mostrados.

2. Comentários com perfis sem acesso ao público também não serão mostrados.

3. Comentários ofensivos não serão mostrados. Ninguém é obrigado a permitir falta de educação.

4. Se você sofre de analfabetismo funcional, então nem leia os textos, pois com certeza não vai entender o que está escrito e seus comentários não serão de acordo com o assunto.

5. Resumindo: se quiser debater e discordar de mim, esteja à vontade. Mas peço gentilmente que seja um debate civilizado. E se você não tem coragem de mostrar quem é, melhor ficar no anonimato e procurar outro blog.

6. A sua liberdade termina onde começa a minha, certo? Se não, qualquer um faria o que desse na cabeça. Assim como cada um deve respeitar o dono da casa ou a soberania de um país, aqui você deve agir da mesma forma.! Ok
OBS: Se seu comentário não foi publicado é porque você não conseguiu adoça o meu cantinho. Não alimente a derrota continue tentando.