3 de janeiro de 2011

DOMINGO, VENTO, AZUL E MAR..


O meu primeiro domingo do ano tava na praia curando a ressaca com os amigos e parentes.
   Praia é um santo remédio para cura qualquer ressaca. Como eu tiver que andar 5-metros. Quando chequei o efeito do álcool já tinha passado ai era hora te repor o combustível novamente.
 Mais antes aproveitei o embalo para ensina o pequeno Adrian a nadar
Só que nessa historia toda tem um Pequeno detalhe ele não suporta a idéia de tomar banho de mar.(ele tem um medo incontrolável)..
Você já pode até imagina quando uma criança não que algo e uma verdadeira guerra de titãs.


Mais só que eu sei manobrar o pequeno só oferecendo algodão-doce. ( pai e mãe educar e tia estraga). Mais só de ver a felicidade dele que nem ligo com as reclamações.
No começo ele ficou com medo e só queria saber da areia, depois mais confiança foi nadar comigo.. ( na verdade isso foi mais que um dia na praia foi um premio fazer essa criança tomar um banho de água salgada. Sem falar que o sol tava belíssimo e o céu tão azul que já faz um bom tempo que não tinha presenciado essa  combinação sol, mar e vento. 
E depois disso tudo tiver que compra o tão esperado algodão-doce..
A verdade é que a vida é assim, a gente não precisa de tanto quanto imaginamos que precisamos pra ser feliz, a gente precisa só daquilo que cabe aqui dentro e que faz bem, e aqui dentro não cabe muito do que nos fere, nunca cabe


Você tá triste porque o fim de semana passou tão rápido fique assim não.
Todos merecem ter uma vida tranqüila e em paz. Porém, mesmo que esse seja o desejo de todos, quase nunca acontece. A sorte normalmente é tão maldita que quando parece que tudo está em ordem, sempre vem algo e bagunça tudo. Se estivermos bem com a família, vem um redemoinho e bagunça nossas amizades. Se estamos bem com os amigos, acontece alguma briga na família. Brigas, muitas vezes, desnecessárias.  É sempre assim. E é aí que vem o outro assunto
 O sentimento, em minha opinião, é uma coisa boa. Muito boa. Por quê? Porque aprendemos com ele, aprendemos com ele bem mais do que aprendemos com física ou química. Com eles aprendemos a raciocinar bem melhor do que com matemática... E com ele aprendemos coisas sobre nosso próprio corpo, que jamais aprenderíamos em biologia. Mas aí vocês me perguntam...

Como assim? Eu vou explicar:
Suponhamos uma garota. Jovem e apaixonada. Amor e paixão são dois sentimentos que nos deixam fora de órbita. E quando estamos perto da pessoa amada, ficamos inquietas, sorrindo. Mas quando estamos perto de alguém que amamos, mas não nos quer, ficamos tristes, o corpo fica dormente, o estômago embrulha e sua pele começa a formigar. A respiração para e você fica tonta. Jamais entenderíamos nosso corpo de tal forma lendo em livros.
Ou então... O sentimento também pode nos ajudar na vida. O sofrimento é uma coisa que passamos por conta do sentimento, e ele nos faz enxergar as coisas erradas que fazemos e não repiti-las, isso é aprendizado.
Bom, para concluir... Queria dizer que a sorte só aparece depois de uma maré de azar. Assim como a felicidade, que só vem depois de uma onda de tristeza.
Se acharem que estão sem sorte... Parem e reflitam sobre as segundas chances que vocês têm todos os dias.

Eu espero que a sua semana seja tão boa quanto foi o primeiro dia do ano e que possa compensa todas as faltas que não teve..
Eu vou ficar por aqui tentando tirar as formigas da minha cama..
Uma excelente segunda feira a todos!




Um comentário:

  1. Que garotinho de sorte como gostaria de estar no lugar dele..
    Como vai minha paixão tudo bem com você estou com saudade das suas loucuras não tem mais travessuras para nos conta não é?
    Passando para ti deixar um supre beijos ti adoro sonho meu..
    Paulo Barreto

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao meu cantinho.Regras para comentários
1. Comentários postados sem nome não serão mostrados.

2. Comentários com perfis sem acesso ao público também não serão mostrados.

3. Comentários ofensivos não serão mostrados. Ninguém é obrigado a permitir falta de educação.

4. Se você sofre de analfabetismo funcional, então nem leia os textos, pois com certeza não vai entender o que está escrito e seus comentários não serão de acordo com o assunto.

5. Resumindo: se quiser debater e discordar de mim, esteja à vontade. Mas peço gentilmente que seja um debate civilizado. E se você não tem coragem de mostrar quem é, melhor ficar no anonimato e procurar outro blog.

6. A sua liberdade termina onde começa a minha, certo? Se não, qualquer um faria o que desse na cabeça. Assim como cada um deve respeitar o dono da casa ou a soberania de um país, aqui você deve agir da mesma forma.! Ok
OBS: Se seu comentário não foi publicado é porque você não conseguiu adoça o meu cantinho. Não alimente a derrota continue tentando.