4 de setembro de 2010

Fui relaxar baby,você deveria fazer o mesmo.


E aí, meus amores já estão de malas prontas para curtir o feriadão?
Sua amiga aqui vai para Itararé Bahia uma região belíssima cercada pela mata atlântica, pelo Rio de Contas e por praias paradisíacas.

Eu logo eu em uma Praia paradisíaca. Com muita tranqüilidade e privacidade ao mágico encontro das águas do Rio de Contas com o mar. Hum vou deixa-se levada de uma só vez e perde o juízo.

Só sei de uma coisa vou aproveita e relaxar profundamente esses quatro dias sem fala que vou explorar muito a beleza da Costa do Cacau. E outras coisas mais..
É o meu cantinho predileto quando quero da uma sumida legal.
Da utima vezes muitos amigos queria saber onde estava e como gosto de surf esse eé um bom lugar para estar com alguem especial.( só que no meu caso vou esta só)uma aventura “eu” com “eu” mesma...

vou dizer para os curiosos de plantão onde vou fica.

E uma pousada Arcádia localizada em uma área de proteção ambiental o bom que o local fica próxima de tudo.

Não precupe-se vou marca o territorio com todo o carinho só para você.
Eu adoro se invadida pelo desconhecido o meu carros quase que desaparecem na estrada sem falar nos cheiro de protetor solar que sempre está no ar e as praia que é o meu forte.

Sempre desconfiei que fosse uma sereia, vai gosta de praia assim longe. rsrss..
Amores com licença que agora vou pega o meu destino pouco conhecido, mas muito apetitoso.

Para você que estar trabalhado um ótimo trabalho, para aqueles que vão sair pela estrada dirigem com cautela. Criança sempre no banco de trás e com o sinto de segurança.

Álcool e Direção não combinam Se beber não dirija se dirigir não beba.
Ame sempre sua vida e daqueles que você esteja sendo responsável.
Aproveite o feriadão não deixe que o feriadão aproveite você.

Fiquem ligados sempre..

Sua amiga aqui vai deixa um super beijo bem apetitoso pra você...
Saudades! ( I love you baby)..

3 de setembro de 2010

Situações humilhantes e constrangedoras,e repetitivas

video
Assédio moral no trabalho: É toda e qualquer conduta abusiva (gesto, palavra, escritos, comportamento, atitude, etc.) que, intencional e freqüentemente, fira a dignidade e a integridade física ou psíquica de uma pessoa, ameaçando seu emprego ou degradando o clima de trabalho.

Como encará o assédio moral, e se defender dos seus detratores e a buscar por seus direitos na justiça.A consciência é o melhor livro de moral e o que menos se consulta. A moral consiste em fazer prevalecer os instintos simpáticos sobre os impulsos egoístas. A humilhação no trabalho envolve os fenômenos vertical e horizontal.

O fenômeno vertical se caracteriza por relações autoritárias, desumanas e aéticas, onde predomina os desmandos, a manipulação do medo, a competitividade, os programas de qualidade total associado a produtividade. Com a reestruturação e reorganização do trabalho, novas características foram incorporadas à função: qualificação, polifuncionalidade, visão sistêmica do processo produtivo, rotação das tarefas, autonomia e ’flexibilização’.

Exige-se dos trabalhadores/as maior escolaridade, competência, eficiência, espírito competitivo, criatividade, qualificação, responsabilidade pela manutenção do seu próprio emprego (empregabilidade) visando produzir mais a baixo custo.

A ’flexibilização’ inclui a agilidade das empresas diante do mercado, agora globalizado, sem perder os conteúdos tradicionais e as regras das relações industriais. Se para os empresários competir significa ’dobrar-se elegantemente’ ante as flutuações do mercado, com os trabalhadores não acontece o mesmo, pois são obrigados a adaptar-se e aceitar as constantes mudanças e novas exigências das políticas competitivas dos empregadores no mercado global.

A "flexibilização", que na prática significa desregulamentação para os trabalhadores/as, envolve a precarização, eliminação de postos de trabalho e de direitos duramente conquistados, assimetria no contrato de trabalho, revisão permanente dos salários em função da conjuntura, imposição de baixos salários, jornadas prolongadas, trabalhar mais com menos pessoas, terceirização dos riscos, eclosão de novas doenças, mortes, desemprego massivo, informalidade, bicos e sub-empregos, dessindicalização, aumento da pobreza urbana e viver com incertezas.

A ordem hegemônica do neoliberalismo abarca reestruturação produtiva, privatização acelerada, estado mínimo, políticas fiscais etc. que sustentam o abuso de poder e manipulação do medo, revelando a degradação deliberada das condições de trabalho.

O fenômeno horizontal está relacionado à pressão para produzir com qualidade e baixo custo. O medo de perder o emprego e não voltar ao mercado formal favorece a submissão e fortalecimento da tirania.

O enraizamento e disseminação do medo no ambiente de trabalho, reforça atos individualistas, tolerância aos desmandos e práticas autoritárias no interior das empresas que sustentam a ’cultura do contentamento geral’. Enquanto os adoecidos ocultam a doença e trabalham com dores e sofrimentos, os sadios que não apresentam dificuldades produtivas, mas que ’carregam’ a incerteza de vir a tê-las, mimetizam o discurso das chefias e passam a discriminar os ’improdutivos’, humilhando-os.

A competição sistemática entre os trabalhadores incentivada pela empresa, provoca comportamentos agressivos e de indiferença ao sofrimento do outro. A exploração de mulheres e homens no trabalho explicita a excessiva freqüência de violência vivida no mundo do trabalho. A globalização da economia provoca, ela mesma, na sociedade uma deriva feita de exclusão, de desigualdades e de injustiças, que sustenta, por sua vez, um clima repleto de agressividades, não somente no mundo do trabalho, mas socialmente.

Este fenômeno se caracteriza por algumas variáveis: •Internalização, reprodução, reatualização e disseminação das práticas agressivas nas relações entre os pares, gerando indiferença ao sofrimento do outro e naturalização dos desmandos dos chefes. •Dificuldade para enfrentar as agressões da organização do trabalho e interagir em equipe.

•Rompimento dos laços afetivos entre os pares, relações afetivas frias e endurecidas, aumento do individualismo e instauração do ’pacto do silêncio’ no coletivo.

•Comprometimento da saúde, da identidade e dignidade, podendo culminar em morte.

•Sentimento de inutilidade e coisificação. Descontentamento e falta de prazer no trabalho.

•Aumento do absenteísmo, diminuição da produtividade.

•Demissão forçada e desemprego. A organização e condições de trabalho, assim como as relações entre os trabalhadores condicionam em grande parte a qualidade da vida.

O que acontece dentro das empresas é, fundamental para a democracia e os direitos humanos.

Portanto, lutar contra o assédio moral no trabalho é estar contribuindo com o exercício concreto e pessoal de todas as liberdades fundamentais.

É sempre positivo que associações, sindicatos, coletivos e pessoas sensibilizadas individualmente intervenham para ajudar as vítimas e para alertar sobre os danos a saúde deste tipo de assédio.

Eu achando que era louca mas tem gente mais louca que eu

Deu a louca no meu monstrinho...

Meu monstrinho especial

Meu adorável monstrinho

Meu monstrinho responsável

monstrinho que roubar emoção

Meu monstrinho atrapalhado!

Porque será?

Que faz essa maldade

Com meu monstrinho querido..

2 de setembro de 2010

Eu sou a menina do seu mundo!


Aquela que aos poucos foi trocando a Barbie por maquiagem. Trocando seu mundo de sonhos pela realidade.
E acabou sonhando, e mergulhou na dimensão do seu mundo paralelo.

Mas, para mim o passado não importa.

Eu vivo é o presente!!
Sou muito mais que essas palavras ao vento, que fala sobre mim...
Sou atitudes, sentimentos, e as minhas loucas idéias...

O que realmente para me faz valer a pena é estar viva, Surpresas, gargalhadas, lágrimas, enfim, o que eu sinto quem eu sou você só vai perceber quando olhar nos meus olhos, ou melhor, além deles...

E não há filmadora ou máquina fotográfica que registre esse sentimento único que Tenho Por Ti.
Por quê? São só meus!!

A única coisa que eu não gosto é ser, igual a todo mundo.
Talvez possa até ser vista na multidão, como uma louca que expõem suas loucuras, mais quem saber se essas doces loucuras não possam ajuda alguém e quem sabe ser notada...

Pode até haver algo em comum, mais
Eu amo fazer descoberta ainda mais quando descobrimos alguma coisa que você sonhou tanto pra que acontecesse

Mal posso acreditar..

Engraçado como a gente viaja tanto na maionese que não consegue sacar as coisas que estão ali, do nosso lado. E que já faz tempo.
Pena que tais descobertas aconteçam assim, em momentos tão delicados. E você vai dormir pensando que as suas maiores exigências estão todas reunidas em uma coisa só.

E acorda sem saber se o ontem aconteceu, ou se era só ilusão. Até que você vê... Que tudo é a mais pura realidade.

Foi assim que eu descobri que as coisas são realmente possíveis, mesmo aquelas que te fazem pensar:

'menina, nem sonhe com isso'.

Vai entender essa vida, não é?

Como é gostoso esta em casa só sossegada sobre uma sombra e ler um livro ( O último olimpiano Rick Riordan (Intrínseca)o tempo passa e a gente viaja sem sair do lugar, vamos para outros mundos e vivemos diferentes realidades.


A finalização da história de o último olimpiano é um pouco clichê, mas agrada bastante. É difícil não se apaixonar pela leitura fácil e leve, cheia de aventura, banhadas em verdadeiras aulas sobre cultura grega.

Como não dá para compartilhar a história inteira e enfatizar talento de Rick Riordan. O mais legal é ler este último e fascinante volume – o mais rápido que você conseguir!

Com licença que agora vou viajar através do mundo da Mitologia Grega.
Um cheiro more!!!

Pneu e Mulher combina?


Olá! Meus amores..
Pelo visto rolou uns ciúmes básico por aqui.. (Você não saber que mora no meu S2)!?

Pois é fiquem sabendo agora.

Amei as 850 mensagem enviada por meu e-mail onde todos fazia a mesma pergunta se tinha ficado com o meu primo.. Aff!!

Povo curioso...

Bem! para saciar a curiosidade de alguns aqui vai a lista completa do que andei fazendo.

Na segunda feira após ter saído do trabalho quem falou que eu ia fica em casa pequei foi outro destino como sempre. Na verdade sou uma caixa de surpresa, mas meus amados não rolou nada de mais com o meu primo, só uma leve amizade colorida entre primos de terceiro grau.

Teve um e-mail que me fez sorrir foi a pergunta do Thiago. Ele me perguntou se já realizei minha fantasia no taxi. ( já sim amoré, não só uma mais cinco vezes e a última tava de porre), mais foi muito bom recomendo a aventura só tem uma coisa tem que suborna o taxista, se não fazer isso não vai rolar...
Aproveite porque é uma delicia..

Voltando ao assunto: da segunda feira.

Quando chequei em casa o encontrei indo para praia surfar me olhou com aquele olhar de Gato pidão,fofíssimo!!!
Perguntando-me se não queria ir, tiver que dizer não.
Porque tinha quer ir a uma palestra forçada em Camaçari.
A boca dizia não mais o coração sim quero ir pegar essa onda com você priminho.

Acabei dando carona para um amigo ele também ia pra palestra, foi bom porque não peguei a estrada sozinha.
Tem o seu lado bom de viajar desacompanhada, pode ser uma ótima oportunidade para conhecer melhor os lugares, as pessoas e, sobretudo, você mesmo.

Mas comigo não foi bem isso que aconteceu.

Tava os dois de boa ao som de jay sean, katy pery ft. na maio onda, de repente o pneu do carro estourou, ele olhar assustado para mim perguntando o que ia fazer já que estávamos na estrada e não tinha uma borracharia perto para fazer a troca do pneu.

Eu falei isso e o mínimo do mínimo trocamos, temos todos os paramento aqui necessário para fazer a troca ele sorriu e falou: não sei troca,
Hum! e quem falou que vai se você que vai troca os meus pneus? ( Sou multi-uso ) eu mesmo sei fazer isso.

Ele de repente olhou e soltou uma "perola".

Eu tenho medo dessa sua Independência e completou, homem tem medo de mulher independente.

Caramba fiquei, tão grilada com aquilo e o engraçado e que ele não tinha noção do vulcão que estava ao seu lado.

Indaguei a Mente: Como os homens podem ter medo de mulheres que trabalha e corre atrás para evolui!?

Será que a “Amélia” era a mulher de verdade essa que não saia de casa nem para ir ao supermercado, tendo tudo a sua volta na hora que ela desejava até o amor do seu companheiro.

O que será que restou para as mulheres independente que acorda com as galinhas, passa horas e mas horas no salão de beleza para estar perfeita ,sem falar as que tem filhos que muitas das vezes são pai e mãe e as que encara reuniões com um bando de machões carentes, esses se julga o tempo todo os bons e muitas das vezes estão errado mais não admite.

E as horas que ficamos sem dormir para deixar tudo organizado .No outro dia estamos um bagaço mesmo assim passamos uma maquiagem para desfaça as orelhas e voltamos a luta e ainda temos que escuta algo desse tipo ( Que tem medo de mulher independente) quero ser mil vezes uma mulher independente do que uma "Amélia" frustrada em casa esperado o seu homem trazer o seu sustendo.

A guerra entre nós dois tava formada.
Defenderia o meu ponto de vista querendo ele ou não.

Comecei argumenta: em uma velocidade de 140km/h.E ele achou que tava correndo não viu nada.

Hoje em dia tem homens e homens, tem aqueles que acreditam que uma mulher independente é boa e outros acham que é inadmissível.
Tudo vai depender de como esses homens foram criados. A criação é tudo, se a família sempre mostrou que o homem é o detentor do poder de "colocar" dinheiro em casa para ter o que comer esses certamente temerão as mulheres independentes, pois não saberão lidar com elas.

Já aqueles que convivem e ou conviveram em uma família onde todas as responsabilidades eram divididas, esse já verá com outros olhos.
Assim, não verá uma concorrente e sim uma pessoa parceira, que poderá contribuir para um futuro promissor. É assim que meus irmãos pensam.

Ele perguntou: você quer nos matar, eu ainda não, só estou pensando em deixar você aqui na estrada.( Rrsrsrs)..

continuei: se você se sentem inseguros ao deparar-se com uma mulher segura. O que você e os outros homens pensam da mulher atual? Ela assusta.

Assusta por quê?

Pela independência financeira?

Pelo sexual?

Ou quem saber moral?

Logo você uma pessoa esclarecida com medo de uma mulher independente. Pois é ainda. esta com a cabeça no passado, para não conseguem lidar com uma mulher que tenha opinião, que trabalhe, se destaque, ganhe bem… você é daquele tipo que diz (“mulher tem que ir pro fogão”). Isso não é ser macho, é ser ignorante.

Uma boa pergunta eu nem sei quantas boca tem o fogão de casa?

Macho que é macho sabe valorizar uma mulher inteligente e independente, pois isso é se valorizar.

Por quê?

Porque mulher ignorante, ou que precisa de grana, de casa, de qualquer coisa, qualquer um pega. Porque ela não tem parâmetro de comparação, topa qualquer coisa ou até “se vende” para ter casa,e contas pagas…

Agora uma mulher que pense que tenha cultura, que saiba se valorizar, que tenha um bom emprego, um bom salário é, geralmente, mais exigente. E não vai querer qualquer um ao lado dela.

E é isso que você tem medo.

E tem mais, as mulher independente geralmente é mais inteligente, divertida e criativa. É uma companhia mais agradável, é melhor no sexo…

Tem algo mais sem graça do que mulher sem opinião?

Nem uma mulher “Cadáver” eu sou!

Ele começou a falar do movimento feminista que as mulher Querem mandar, pagam tudo, vivem reclamando, dando bronca.

Isso eu concordo que o movimento feminista de algumas décadas atrás e a liberdade sexual mudaram tanto o mundo que há algumas mulheres querendo fazer papel do homem

Isso é muito chato.

Ele me pediu para dirigi o carro eu falei não o carro e meu quem dirigem sou eu
Ai ele cadê a igualdade de condições e de poder de decisão.

Desculpa meu lindo aqui quem decide as coisa sou eu.

Empolguei-me com a arte do feminismo e agora sou uma verdadeira sargenta
Só não to no desespero da liberdade do sexual pra ir para cama na primeira noite
Uma coisa e que as mulheres não liga é que se topam, na primeira noite vira só sexo.
Não percebem que, se querem algo a mais, precisam se valorizar um pouco mais?

Sem falar que a mulheres se destacam justamente por serem delicadas cuidadosas, atenciosas, detalhistas, tranqüilas.
Acho que era só isso.

Voltamos para casa hoje, calma ai não deixei o rapaz na estrada bem que eu queria te feito isso.

Lembre-se: da próxima vez que você for pensar na recapagem do seu pneu, torça para que tenha sido uma mulher a responsável pelo serviço. É mais garantido.

Um forte Abraço!!

30 de agosto de 2010

Belíssimo-Trabalho-Lindinho!!!


Hoje em Primeiro lugar quero agradece ao lindinho e sua equipe pelo belíssimo trabalho que nos foi apresentando, (o retorno de uma nova era), fiquei muito satisfeita no que os meus olhos tiveram o prazer em ver em pleno horário de trabalho, a sociedade só tem que "agradecer".

Só fiquei um pouquinho triste por não ter ganhado o meu abraço mais quem sabem em outra oportunidade.

Estou no trabalho no meu horário de descanso essa merecida 03h00min horas depois de quase 24 horas na luta. Mais que justo tentar relaxar um pouco.

Cadê esse sono que não aparecem o único jeito é escreve algo no meu cantinho pra engana o tempo e a paciência.

Você quer mesmo saber da verdade?
Eu Adoro você!!!

Agora vou contar tudinho!
Vamos lá no sábado fui para uma boa farra com os meus amigos e primos à procura de um novo cantinho para reunir uns velhos amigos...
Encontramos um bar calmo na Ponta de Humaitá é um espaço para quem gosta de beber, e comer tem música ao vivo e um ambiente ao ar livre mais isso para mim naquele momento não importava porque eu queria mesmo era toma o meu caldo de sururu fiquei tão feliz que tomei você não faz idéia sem falar que lá eles fazem um pirão de aipim com carne de sol que é espetacular.

Comer & beber e toma um bom banho a beira mar as 02h00minda manhã isso não e para qualquer um.
Só sei de uma coisa a farra tava tão boa que quando lembrei que tinha quer ir trabalha já era as 04:00horas da manhã. Tentei dormir um pouco e quando o despertado tocou já era 06h40min tomei um banho rápido e sair feito uma louca. Ainda bem que cheguei a tempo. Só que quando chequei me deparei com aquele velho comentário, Hum pelo visto a festa foi boa em?

Eu não tinha como negar foi maravilhosa.

Na verdade essa falta de sono tem algo a ver com essa farra.
Não é bem a farra e sim, mas essa pessoazinha que tava lá (meu primo)
Nós protagonizamos junta uma cena quase pornográfica num corredor nojento de um bar com a trilha sonora de uma bela canção da Alcione.

Momento viagem: imaginem que cinematográfico os dois lá se amassando na parede suja ao som de "Mas tem que me prender, tem que seduzir, tem..."?)

Será que em algum momento eu fui mesmo abduzida pra retirarem o chip que estava no meu cérebro, ou será que foi pra colocarem um cérebro no meu chip?

Qual era mesmo a cor do cavalo branco de Napoleão?

Mais voltando à realidade da vida e sem mais rodeios e devaneios baiano, contarei como foi meu último grande contato com ele.

Uma coisa que eu nunca havia feito, mas que sempre tive vontade de fazer era ficar com algum primo. É que meus primos de primeiro grau são poucos e todos impecáveis. Os de segundo, os primos dos meus pais, já estão com uma idade avançada e também são muitos certinhos.

Mas, e os filhos dos primos dos meus pais? Hum... Priminhos de terceiro grau? Nem são mais parentes, né? Eu acho.

Só que, pra manter o contato e alguma dose de intimidade, a gente finge que sim.
Até pouco tempo, eu não tinha me dado conta da relevância de certo priminho (de 3º grau) meu. É que nas minhas lembranças, ele aparece correndo, pulando e brincando de pique - esconde. Porém, para minha surpresa, ao vê-lo, aquele pequeno pentelho de 30 anos tinha se tornado um belo rapaz. E põe belo nisso! Costas largas, braços delineados, sorriso bonito... Ui! Um pão!

Pois bem ele veio passar uns dias na minha casa como não sou de fica muito na residência nem sabia que ele se encontrava lá chequei fui para o meu quarto e quando acordei nossa dei de cara com um guarda roupa na minha cozinha. Nessa bela surpresa não rolou absolutamente nada, e olha que eu só tava de lingerie vermelha e bem transparente nem sei como conseguir segura a xícara de café.

Ele me olhou e veio com aquele velho papo de "Nossa! Como você tá diferente... Então, tem msn?" pensei ele cresceu, mas continua um moleque!
De novo (a internet sempre reunindo as pessoas!). Falei que sim, você pode passar eu lógico que sim temos muito assunto para coloca em dias, perguntei e tem que ser pelo msn?

Ele responde: é o meio mais rápido. Você não achar?
Na verdade as 06h00horas da manhã eu não acho nada. Nem olhei pra ele direito.

Na sexta feira rolou um jantar em família.
Foi uma chatice só com todas aquelas tias-avós perguntando do meu ex-namorado (com quem eu terminei há mais de dois anos), aqueles costumeiros sorrisinhos amarelos, enfim... Família, família, cachorro, gato. Mas, de repente, chega ele: meu priminho mais querido e amado um verdadeiro guarda roupa.

Perguntei se ele tava a fim de sair com minha turma no sábado a noite a procura de um boteco,e para a minha felicidade, ele topou na hora. Ótimo.

Voltei tomei uma água e fui dormir porque tinha plantão no sábado quando voltei para casa já era as 19:00horas.E o priminho já tinha saído.

Arrumei-me rápido e fui encontra os amigos quando chego ele já se encontrava no local, hum você e bem rapidinho em primo. Ele deu um lindo sorriso.

E começaram as olhadas bem safados, ele falou no meu cangote, braços no encosto da cadeira, encostei a cabeça no ombro dele... Bom, já sabem né? Acabamos nos beijando!
E não foi um beijinho qualquer, não! Acho que essa coisa de genética deve ter a ver, porque nosso beijo simplesmente encaixou de primeira! Foi per-fei-to!

Aí, meu querido não deu pra segurar! Os beijos foram se intensificando, as mãos caminhando quase que por elas mesmas e a coisa ficou sinistra, como há muito tempo não ficava pra mim. Vocês bem sabem que esse ano estou bem, quietinha, mas não tive como segurar a onda!

Já era quase 4h da manhã e eu precisava partir. Na verdade, eu até queria ir embora mesmo, porém para um bom motel, isso sim! Mas eu, boa samaritana, tinha dito aos meus pais que iria dormir em casa não naquelas alturas não tinha a cara de pau o suficiente para ligar para o meu pai e dizer que não ia para casa sem falar que tava sobre os olhares de meu irmão mais velho.

Entretanto, não dava pra parar por ali!E ao mesmo tempo tinha que sair um pouco daquele lugar então, lancei minha última cartada: meninas vou ao banheiro alguém quer ir e para minha surpresa ele respondeu eu vou com você mesmo não tendo a menor vontade de fazer xixi! Vou fazer campainha para minha priminha já que o banheiro ficar nos fundo em um corredor escondido, Pensei: isso não vai da certo.

Assim que entramos no tal corredor dos banheiros, ele olhou pra minha cara e simplesmente me agarrou! Jogou-me na parede e só faltou me chamar de lagartixa! Que coisa doida..

O corredor era tipo assim. Nojento! Mas, aquele foi um dos melhores amasso que tive! o lugar era inusitado e só fez aumentar a excitação que fiquei por ele.

Enfim. Não chegamos à um denominador comum, mas chegamos bem perto.

O lance agora é que falta menos de três horas para acabar o meu plantão isso que dizer que ele esta na minha casa só.
Meus pais tiveram que viajar encontro de família. Algo desse tipo..
Só que estou aqui a pensar o caminho esta totalmente livre.
E nesse exato momento juro que não respondo pelos meus atos.
Pode deixar que eu conto tudo aqui!
Um ótimo dia!!! até ++++++