28 de setembro de 2010

A possibilidade de não ser nada disso que esta ai a pensar.


A resposta pode ser uma pequena travessura da menina que não quer dizer um (Não) a uma pessoa muito querida. E arrumou uma maneira, mas simples de simplifica as coisas.

“O oposto do amor não é o ódio, é a indiferença”

Um sim é bem, mas fácil em dizer do que um não.
Ou então usamos uma desculpa para esse feito.
Muitas vezes estamos tão alienados de si mesmas, vivendo tão na superficialidade que se esquece de valores básicos como educação, e acima de tudo respeito ao sentimento de outras pessoas. Mas como podem se preocupar com o que o outro sente se não identificam nem aquilo que está bem dentro de si mesmo? Como respeitar os sentimentos do outro, se não respeitam nem os próprios sentimentos? Diante de tantos desencontros, como se envolver, verdadeiramente, sem se machucar?

As pessoas sequer têm consciência de suas necessidades emocionais, as quais dão origem às máscaras, e saem em busca de quem às salvem, quando elas mesmas não conseguem se salvar.

E eu não tenho esse direito de machucar sentimento alheio;

Seja qual for à realidade, podemos aprender com tudo que acontece

Os efeitos serão semelhantes as coisas que não existem.

Num encontro de duas almas, há sempre a oportunidade de ambos aprenderem um com o outro e crescerem e evoluir. Com base na troca... De afeto, carinho, atenção, amizade, cumplicidade, verdade, fidelidade, amor! E quando não se está preparado para tal troca e crescimento, é muito melhor encontrar-se antes consigo mesmo para só depois se permitir encontrar-se com o outro.

O amor só pode ser realmente sentido quando duas essências se encontram, é essa a grande diferença!
O que tiver que ser será....
Uma ótima terça feira...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo ao meu cantinho.Regras para comentários
1. Comentários postados sem nome não serão mostrados.

2. Comentários com perfis sem acesso ao público também não serão mostrados.

3. Comentários ofensivos não serão mostrados. Ninguém é obrigado a permitir falta de educação.

4. Se você sofre de analfabetismo funcional, então nem leia os textos, pois com certeza não vai entender o que está escrito e seus comentários não serão de acordo com o assunto.

5. Resumindo: se quiser debater e discordar de mim, esteja à vontade. Mas peço gentilmente que seja um debate civilizado. E se você não tem coragem de mostrar quem é, melhor ficar no anonimato e procurar outro blog.

6. A sua liberdade termina onde começa a minha, certo? Se não, qualquer um faria o que desse na cabeça. Assim como cada um deve respeitar o dono da casa ou a soberania de um país, aqui você deve agir da mesma forma.! Ok
OBS: Se seu comentário não foi publicado é porque você não conseguiu adoça o meu cantinho. Não alimente a derrota continue tentando.