20 de setembro de 2010

Futura Promessa!

Tem toda razão! Nossas cabeças precisam ser quebradas nesse sentido! O ser humano foi criado para o outro, e para ser ajudado pelo outro. Se não adão poderia ter continuado Sozinho não é verdade?! 

ariatleta@gmail.com
 
Força e Técnica.
  
  

Bi-Campeã.
 
Mesmo assim a ainda muito tabu em algumas modalidades de esporte como o taekwondo brasileiro.
    
Apresentação.
Que mal recebe investimentos públicos e incentivos para o desenvolvimento da modalidade não sabendo que o Brasil só tem a crescer.

Exemplo que temos e o judô porque o taekwondo não pode ser uma modalidade de esporte reconhecido. E sair das sombras
Será que vai ser preciso se espelhar no judô, principalmente para arrumar a casa e ver como as coisas podem ser feitas.
Hoje teve o prazer em participa do VII campeonato dos bancários de salvador. E algo me chamou atenção pela quantidade de esportistas que se encontravam, que era bem menor do que no ano passado. Porque isso?
Pois o custo é muito alto e a falta de investimento que esses atletas tanto necessitam não vem, como o básico que é equipamentos de proteção, taxas para exames e inscrições em campeonatos, transporte, hospedagem e alimentação balanceada, além de manutenção dos treinamentos. E muitos deles que estão no esporte e por amor a arte.
Tem que trilha as dificuldades para brilha nas competições.
Como é o caso dessa pequena. Que sou fã de carteirinha...
Aluna, Ariane, de 09 anos, graduada na faixa cinza, mostra que sabe o que quer e já colhe frutos dos treinamentos diários, de trabalho físico, técnico e teórico para as competições. No dia 19 de setembro 2010, Ari venceu a 7ª Copa dos Bancários, promovida em Salvador.
Repetindo o feito, já que que foi campeã no ano de 2009, pela mesma copa, agora ela é Bi campeã do campeonato dos bancários 2010 na categoria mirim de  Luta.
Ariane é muito dedicada e tem um talento nato para artes unindo isso à sua paixão pelo Taekwondo, creio que salvador terá uma atleta a representando nos principais campeonatos do Brasil.
Só que para isso ela precisa muito do incentivo ao esporte.
Não falta garra, força de vontade e acompanhamento profissional dessa promessa do taekwondo.
O que falta, ainda, é o patrocínio oficial de empresas que queiram investir nesse trabalho social.
Quem tiver interesse em aliar sua marca ao talento dessa jovem, pode entrar em contato pelo.
ariatleta@gmail.com
O taekwondo agradece pelo seu incentivo.


Ninguém conhece os mistérios da ventania e o seu sentido definitivo.
No entanto, para aqueles que desejarem acreditar
em seus sonhos e em si mesmos,
a vida é uma dádiva preciosa na qual tudo é possível.
E dentro desse mundo de fantasias e magia,
devemos guiar os nossos passos
de acordo com a voz do coração.

A esperança, em coisas boas
será a bússola que nos conduzirá pelos caminhos certos
na rota do sucesso.
O que ela nos diz é aquilo que prende a atenção
e a atenção determina o que deve ser feito.
Portanto, vá sempre para onde seu coração deseja
e jamais contrarie essa vontade.

Um ótimo dia..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo ao meu cantinho.Regras para comentários
1. Comentários postados sem nome não serão mostrados.

2. Comentários com perfis sem acesso ao público também não serão mostrados.

3. Comentários ofensivos não serão mostrados. Ninguém é obrigado a permitir falta de educação.

4. Se você sofre de analfabetismo funcional, então nem leia os textos, pois com certeza não vai entender o que está escrito e seus comentários não serão de acordo com o assunto.

5. Resumindo: se quiser debater e discordar de mim, esteja à vontade. Mas peço gentilmente que seja um debate civilizado. E se você não tem coragem de mostrar quem é, melhor ficar no anonimato e procurar outro blog.

6. A sua liberdade termina onde começa a minha, certo? Se não, qualquer um faria o que desse na cabeça. Assim como cada um deve respeitar o dono da casa ou a soberania de um país, aqui você deve agir da mesma forma.! Ok
OBS: Se seu comentário não foi publicado é porque você não conseguiu adoça o meu cantinho. Não alimente a derrota continue tentando.