9 de agosto de 2010

“O que me falta aqui?”

Hoje recodei-me de um poema que li recentemente.
Que dizia assim: ``É longo o meu caminho uma verdadeira poesia incompleta e nem sempre sigo a mesma estrada esta viagem que faço imaginada se às vezes me alegra outras me inquieta.``

Em uma galáxia muito distante, houve uma época em que você olhava para minha janela.
E contava-me lindas histórias uma vez, tento recordá-la quando surgem os “porquês”..
Naquela altura, a madrugada trazia-me mais certezas…

O tempo vai passando, mas não mudam as pessoas o carinho que ela tem por aquele que gosta, e hoje tive a certeza disso com aquele lindo sorriso descontraído que você ofereceu com mil intenções. A pergunta seria será que ela viu? Sim ela entendeu o porquê daquele sorriso e Adorou.

Quero ouvir de novo as palavras que sussurraste?
Relembrar-me dos segredos que me confiaste,
Eu continuo a mesma, mesmo quando me ignoras…
A importância que me davas era singular, Não sei qual foi de nós, o primeiro a mudar..

Muitas vezes a tua vontade é pouco certa?
O que é que se passou conosco? Diz-me, por favor…
Não é por acaso que te trato por “Amore”!
Porque conseguiste um lugar mais que especial na minha vida
Diz-me que está tudo bem, como antigamente, quando passávamos dias a olhar frente a frente.

Eu sei que posso ser ingrata naquilo que escrevo… E que as minhas atitudes só reflete o meu medo..
De te perder e de te ver sem te poder voltar a ter…
O que é que não gostas que eu não possa mudá-lo?
Tenho esse poder, só não sei como utilizá-lo…
Tenho uma só razão para que a vida seja bela, quando for meia-noite… olha para a minha janela…

Conta-me a história mais linda, que me contaste uma vez, em voz baixa, sussurrando ao ouvido, pode ser a última vez…
A saudade aperta e não dá para ignorar,
A dor fica cá dentro como uma ferida por sarar,
Hoje recordo bons momentos que contigo passei,
Mas a tua mudança foi algo que nunca imaginei..

Por quê?

No meu caminho, cruzaram pessoas que mesmo preenchendo de um modo virtual, já fazem parte de um mundo que para mim é importante. A leitura de sua escrita, das suas escolhas, diz mais do que você possa imagina e sem fala que já é uma parte fundamental dos meus momentos de solidão.
Revejo sempre como um lindo filme, os momentos mais marcantes. Que tivemos não faz idéia à alegria que fiquei em saber que deixasse de ser palavras, para terem um nome, um olhar sorridente

Sempre gostei de dizer tudo aquilo que realmente sinto…
Talvez um dia olhem á sua volta,
E semi conscientes, perguntem:

“O que me falta aqui?”

Uma ótima semana!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo ao meu cantinho.Regras para comentários
1. Comentários postados sem nome não serão mostrados.

2. Comentários com perfis sem acesso ao público também não serão mostrados.

3. Comentários ofensivos não serão mostrados. Ninguém é obrigado a permitir falta de educação.

4. Se você sofre de analfabetismo funcional, então nem leia os textos, pois com certeza não vai entender o que está escrito e seus comentários não serão de acordo com o assunto.

5. Resumindo: se quiser debater e discordar de mim, esteja à vontade. Mas peço gentilmente que seja um debate civilizado. E se você não tem coragem de mostrar quem é, melhor ficar no anonimato e procurar outro blog.

6. A sua liberdade termina onde começa a minha, certo? Se não, qualquer um faria o que desse na cabeça. Assim como cada um deve respeitar o dono da casa ou a soberania de um país, aqui você deve agir da mesma forma.! Ok
OBS: Se seu comentário não foi publicado é porque você não conseguiu adoça o meu cantinho. Não alimente a derrota continue tentando.