2 de maio de 2010

Uma ilusão que morreu sem ter começado.


Oi, meus amores virtual quer saudades de teclar com você.
Amor virtual é assim: Queremos saber de onde é? Quantos anos têm? Do que gosta?
Nossa. Quanta pergunta!
Tudo bem, eu exagerei, acho que lhe assustei. rsrsrsrs.....
Começamos a conversa um dia, dois dias, um ano, Um verão, uma primavera.
E quando paramos para observa estamos tão envolvidos com a pessoa que sem querem ou querendo ela começa a fazer parte da sua vida diária.
Pela manhã, a tarde, a noite, de madrugada não tem mais hora marcada até viramos tudo pro avesso.
Corremos para o computador para encontra a pessoa e quando não achamos ai que dor.
Começamos a gosta das palavras descritas, das risadas que não podemos ouvir mais o coração pode sentir ou da simples palavras: Tava ti esperando até agora para tc com você. (para dizer uma boa noite )
Com o amor virtual não tem igual.
A gente diz tudo que pensa tudo que é preciso dizer tudo que é permitido e até o que é proibido.
Varias forma de carinho é atenção que muitas vezes não temos com alguém tão real.

É uma fantasia misturada com alegria e muito amor, mais quando acaba resta muita dor.

O ministério adverte O amor virtual vicia!
A gente fica dependente daquele carinho, daquele ninho.
Daquele amor eletrônico, daquele carinho astronômico.

Hummmm! Muitas vezes podemos até sentir aquela tristeza que vem da tela fria de um pc,só pela forma de escrever.

E aquela vontade que temos de tocar, de ver e de beijar. Essa tão sonhada pessoa que faz o seu dia brilha ainda mais.
E nessa hora que ficamos chateadas. Porque temos, todos os dias, mas ele não era meu, eu não era dele, mas ele só mim tinha virtualmente.
Ô coisa complicadinha.
É um amor virtual, em uma tela gelada mais não é real.

O meu sorriso se ilumina só de saber que ta on de ver os emails muitas vez nem queremos saber de quem era
Ou dizendo amoré vou demorar de aparecer fui abduzido pela lua.

Se alimentarmos de palavras de afeto isso que faz a pessoa ser tão especial para nos essas pessoas nunca são esquecidas.

Temos uma afinidade, uma sintonia, um amor tão grande que chega ser algo de outro mundo uma eterna energia.

Mais as vezes temos medo do desconhecido e acabamos perdendo esse amor.
E afastamos dessa pessoa sem da uma explicação.
É tão bom quando alguém se preocupa com o seu bem estar.

Ou seja, uma relação virtual torna-se real e normal, nada e perfeito cabe a pessoa saber o quer que da vida.

Ai onde começamos a pensar.
Que coisa estranha e especial acontecer em nossas vidas em momentos que tanto precisamos e quando estamos preparados para enfrentar a vida novamente começamos a se afastar de algo que foi fundamental e que proporcionou tanto prazer.
Será onde nessa história e o nosso lugar?
já que vivemos sempre longe, nem nos conhecemos. Por que a tanta ilusão.
Uma ilusão que morreu sem ter começado.

E você? Já viveu um amor virtual? Sim Ou não?
Fala a verdade... Abre seu coração!
Vou espera a sua resposta..
Uma linda semana para todos..
Beijos!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo ao meu cantinho.Regras para comentários
1. Comentários postados sem nome não serão mostrados.

2. Comentários com perfis sem acesso ao público também não serão mostrados.

3. Comentários ofensivos não serão mostrados. Ninguém é obrigado a permitir falta de educação.

4. Se você sofre de analfabetismo funcional, então nem leia os textos, pois com certeza não vai entender o que está escrito e seus comentários não serão de acordo com o assunto.

5. Resumindo: se quiser debater e discordar de mim, esteja à vontade. Mas peço gentilmente que seja um debate civilizado. E se você não tem coragem de mostrar quem é, melhor ficar no anonimato e procurar outro blog.

6. A sua liberdade termina onde começa a minha, certo? Se não, qualquer um faria o que desse na cabeça. Assim como cada um deve respeitar o dono da casa ou a soberania de um país, aqui você deve agir da mesma forma.! Ok
OBS: Se seu comentário não foi publicado é porque você não conseguiu adoça o meu cantinho. Não alimente a derrota continue tentando.