9 de maio de 2010

मुस मोमेंतोस!!



Se te amasse mais que a mim, mentiria,
Mas te amo, na intensidade dos ventos...
Que em rajantes beijos, me enternecia,
Me roçando rosto, alma, pele no tempo...

Quero amar sem temer, apenas ser;
Quero estar nuamente em pele exposta,
Pra respirar tua alma em meu querer,
Suando em versos, em corpo e prosa!

Mas se tu vires em mim , perigo,
Te afastes, te rogo! Não estarei,
Matando a quem sempre amei!

Tanto a dizer, neste soneto concreto,
Tanto a sentir, nas lacunas desta menina,
Intensamente preenchidas pelo roçar da vida.

Um beijo!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo ao meu cantinho.Regras para comentários
1. Comentários postados sem nome não serão mostrados.

2. Comentários com perfis sem acesso ao público também não serão mostrados.

3. Comentários ofensivos não serão mostrados. Ninguém é obrigado a permitir falta de educação.

4. Se você sofre de analfabetismo funcional, então nem leia os textos, pois com certeza não vai entender o que está escrito e seus comentários não serão de acordo com o assunto.

5. Resumindo: se quiser debater e discordar de mim, esteja à vontade. Mas peço gentilmente que seja um debate civilizado. E se você não tem coragem de mostrar quem é, melhor ficar no anonimato e procurar outro blog.

6. A sua liberdade termina onde começa a minha, certo? Se não, qualquer um faria o que desse na cabeça. Assim como cada um deve respeitar o dono da casa ou a soberania de um país, aqui você deve agir da mesma forma.! Ok
OBS: Se seu comentário não foi publicado é porque você não conseguiu adoça o meu cantinho. Não alimente a derrota continue tentando.